>Pra quê serve um homem? (Publicada em 27/9/2007)

>

Para que serve um homem?, indaga uma amiga recém-separada, alma ainda cheia dos hematomas, que toda separação nos deixa e olhos de quem dormiu pouco, ou muito só…
Ainda que a gente diga que “já foi tarde”, nenhuma relação pode ser assim, tão vazia, que acabe sem marcar passagem…
Prá que serve um homem…Até a Danusa Leão já escreveu sobre isso.
O (A?) Rudy* também … e olha que nem é do ‘nosso’ time.
Primeiro, um homem serve para me lembrar todos os dias o quanto a-do-ro ter nascido mulher.
Serve também para me olhar como se eu fosse um ET quando, diante do armário abarrotado, constato que “não tenho nada para vestir”…Nada mesmo, ora!
Serve para notar, SEMPRE, cada vez que aparo três milímetros do cabelo. E me dizer que foi uma mudança in-crí-vel!
Serve para coçar minhas costas, até que eu durma “exausta”…(Bom, né?)
Serve para me dizer, todos os dias, que me ama e aquelas mentiras que fazem uma mulher feliz.
E tem que agüentar que eu repita isso para ele, de manhã e de noite, fazendo sempre cara de felicidade , como se acabasse de receber uma boa nova. Como se adorasse ouvir minhas mentirinhas.
Serve para me dizer “como está linda!”, em vez de “você vai com eeesssta roupa ? ” como nossos filhos fazem , justamente quando o moral está lá baixo e o ponteiro da balança… lá em cima .
Um homem pode servir, no mínimo , para matar nossas coleguinhas de inveja , eh eh eh.
Principalmente aquelas, que não conseguem nenhum…nunca.
(Êpa, onde está o lencinho? Algo escorre no canto dos meus lábios, será o gloss? Tss tss…)
Um homem serve também para nos dar aquela reconfortante sensação que vai fazer diferença sim, chegar uma horinha mais cedo.
Serve para ajudar a criar uma agradável atmosfera familiar, com todas as chatices que a faz, completa e absolutamente necessária e insubstituível.
Família é chato de doer, mas faz uma falta…
Um homem não pode servir apenas para uma visita erótica aos jardins, ainda que ele seja um rolling-stone…E jardim…Hummm…Que boa idéia, né?
Talvez, exatamente como a Danuza concluiu, estas jovens caçadoras de pais famosos para suas crias mantenedoras, jamais descubram o que é ter um homem que acha graça da estria que acabou de aparecer … na SUA bunda.
E ainda que ela (a bunda!) esteja caidinha, ele vai continuar achando que você bate um bolão!
Afinal, conheceu você com celulite e não deu a mínima …lembra?
Você sabe que “aquele” é “O” cara, quando ele teve chance de ver seus fiozinhos brancos brilhando entre uma e outra ida ao cabeleireiro, sem que você quisesse cortar os pulsos…
Ele sabe que é humano roncar, ter uma fome de leão e medo de barata.
…Ter cólica, dor de cabeça e desejos. Os mais esquisitos.
Que diz que vai ligar e liga mesmo.
Que lembra de você quando vê uma bolsa lindésima ou um chocolate crocrante.
Que oferece o lenço quando você se desidrata, vendo “Cidade dos Anjos”…E não ri da sua cara .
Que continua falando bobagens na hora do ‘rala e rola’…E murmura ‘meu tesão’ no seu ouvido, pois sabe o efeito dessas coisinhas…
Que não baba (não na sua frente) vendo a Juliana Paes.
E que sabe que só tem todos aqueles neurônios a mais, para entender e amar a sua mulher .
* Rudy: transexual, cabeleireiro de famosos como a Suzanna Vieira, autor de livros de poesia.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: