Quem é o bicho, nessa história?

Fiquei lindão! E feliz!

Antes

Que dor!

Meu dono me deixou assim!

Antes de ser adotado.

Depois de encontrar um dono!

Animais e animais…
Certa vez, vi um mendigo arrastando uma carretinha, com míseros pertences e um cão, acomodado entre trapos. Sob um arbusto, o homem – provavelmente já sem outra referência de sua humanidade – dividiu com o animal as sobras do que tinha sido uma quentinha. Pareciam tão unidos que apesar de tudo, miséria, mesmo, seria não terem um ao outro.
Vou direto ao assunto que diz respeito a todos, inclusive quem não adota, mas respeita animais. A Casa da Tuti é conhecida pela saga de cuidar não só dos que nasceram “sem teto”, mas dos abandonados por “donos” esquecidos do compromisso assumido na adoção de um animal “de estimação”. É um trabalho sério, de quem doa tudo, principalmente carinho e respeito – além do próprio dinheiro e tempo. Todo mês é difícil cobrir os oito mil reais de despesas com os trezentos e vinte animais (cães e gatos). Nessa rotina de verificar os custos (vinte e cinco reais por animal, ao mês) acredite que houve quem quisesse ir lá, abandonar seu bicho, “oferecendo” R$25,00… Quem é bicho, afinal? Para evitar novos equívocos: o Abrigo da Tuti precisa de doação – de dinheiro ou ração – e não de mais animais. Ficou claro?
Muitos que lá estão, foram abandonados por pessoas que prometeram doar pelo menos a ração, todos os meses, mas jamais voltaram. Certo dia, “um senhor” da fiscalização do aeroporto apareceu “representando” um laboratório que “daria vacinas” para o abrigo. Faturou mídia e… Sumiu! Outro dia, telefonou quando já estava em frente ao abrigo, querendo deixar duas cadelas, “de um vizinho”… A Maria de Jesus Bentes explicou que não podia acolher mais – quarenta e sete estão sem canil – e o cidadão (?) – que se diz veterinário- simplesmente abandonou as cadelas – reconhecidas por um funcionário – nas imediações. Ô raça! E eu, que acreditava que uma pessoa com essa formação jamais faria uma covardia dessas!
O trabalho do Abrigo da Tuti tem reflexo na saúde pública; tirar uma cadela das ruas e a submeter à castração, evita que até cinquenta filhotes tenham o mesmo destino. Onde entra a prefeitura nisso? E o Governo do Estado?
Oxalá não só as (boas) “pessoas comuns” ajudem a Casa da Tuti, mas que empresários – farmácias, supermercados, restaurantes… – encontrem uma forma de promover e recolher doações (troco de centavos e outras). Torço que um construtor- ou outra pessoa sensível – “levante” o canil para parte dos cães já acolhidos e que estão na varanda, por conta da lotação.
Fica um apelo ao Senhor Governador: por favor, Dr. Jatene, sugira aos setores competentes que conheçam a Casa da Tuti para auxiliá-la; na verdade a Jesus e os voluntários já prestam serviços a todos nós. E pensando bem, não precisam de muito… Cabe ainda coibir abusos contra animais, colocando à disposição da população um telefone para denúncias e informações (essenciais) sobre o acompanhamento de cada caso. Covardes que maltratam animais, certamente maltratam gente indefesa. (Minhas esperanças aumentaram!)
Além de pagar funcionários, impostos, capina, manutenção e energia, precisam rotineiramente de ração, medicamentos, vacinas, produtos de higiene e limpeza, além de veterinários para consultas e castração. Necessidades diárias, que campanhas atendem apenas momentaneamente. O sonho da Jesus é ter sessenta doadores mensais de 25 quilos de ração cada, algo em torno de R$ 87,00; mas toda e qualquer ajuda é bem vinda. Basta ligar para a Jesus (91968260) ou comprar a ração no Pet Dálmata (Mercado de São Brás, fone 3229 73 29) – que faz a entrega. Doações podem ser feitas na conta corrente 0215808-6 , Ag. 014 do Banpará . Vamos fazer a nossa parte?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: