Perdoe essa impaciência…

Perdoe essa impaciência…

Ah, doutor, sei que demorei mais que o combinado; que estive adiando o retorno ao que é – ou era – meu prazer e meu carma; mas fazer o quê, se me falta vontade para entabular um mero blá-blá-blá?

Na verdade, acho que deixei passar da hora certa, deveria ter metido a cara no teclado logo depois do réveillon, quando a gente ainda está meio bêbado, de tanta esperança e promessas que nunca são cumpridas – e acaba acreditando que esse ano vai ser diferente. (Que nada!)

Deixei passar o carnaval e aí – perdoe também essa rima infame – o desânimo é fatal.

Não, não sou a folia que se esbaldou nessa festa que aqui só existe na TV, naqueles comerciais de cerveja em que tudo é bunda e farra; antes fosse e aí eu não estaria assim, digamos, tão sem graça, tão assim, assim.

No fundo, no fundo, assunto até tem, mas cansei de ser chata, de ser palmatória do mundo, mesmo que seja esse mundinho às margens da Guajará.

Cansei de falar sobre políticos e sua inutilidade –  ou pior, sua existência danosa ao povo que a tudo assiste e assimila. Aprende-se safadeza di-rei-tinho, que coisa. Somos hoje uma terra onde existem ladrões pra todo gosto e feitio. Ou tamanho do bolso. Como se rouba! Nos estacionamentos, nos vestiários, nas lojas, nos supermercados…Nas negociatas, nas obras, na sua cozinha, nos super-faturamentos, no caixa, na caixa… Em todo lugar, pessoas acreditadas como “normais” dão “a Elza”no que não lhes pertence: some a caneta, a enxada, o batom, o troco, o orçamento – assim, muito simples, como diria Danuza. Tem assessora que surrupia rolos de papel higiênico da repartição. Tem deputado que apresenta nota fria de combustível – milhares de reais – e embolsa tudo com ares de quem se jura honesto ou acima da lei. Como assim? Daí me passarem troco para 20,00 em vez de 100,00, sem tremer, é bobagem. Parece que só é ‘roubo’ se for grana alta, e envolver armas, assalto, essas coisas. No mais, se for uma bela bandida, faz uma lipo e liga pra Play-boy e tira a diferença. Simples.

Cansei dessa farsa de carnaval para o povo, aqui e lá, no sul maravilha. Povo, aquele que é duro, não tem onde se escorar para parir; mas a avenida está cheia de ambulâncias para atender a periguete que caiu do salto ou ralou a busanfa nos paetês. As chuvas continuam soterrando pessoas, mas a avenida, que beleza! Viva o Brasil exportação, com a Jaylô emburrada por menos de duas horas (foram 108 minutos!) embolsando 2 milhões de dólares, uau. E quem bebe cerveja por causa da latina brega? Taí, quadril por quadril, a Gaby Amarantos dava conta e com mais simpatia! Dá-lhe Zeca Pagodinho, que é consumidor de fato!

Cansei dessas marmotas locais – um vereador quer aprovar projeto que acaba permitindo a construção de prédios altíssimos nas imediações da Tuna-Luso, atropelando o Plano Diretor  Urbano de Belém – e a outrora cidade das mangueiras. Suei frio, só de imaginar o trânsito na área, já tão saturado: mais prédios, de até 40 pavimentos (ou 30 mil m² de área construída) jogando milhares de carros na Almirante, no Entroncamento e na sua rotina… Mas os interesses são sempre maiores que nós, o povo – que aliás, está cada vez mais acomodado, mais calado, mais … Arf.

Ah, doutor, não falei que não ando boa para muita conversa? Nem puxe assunto, não me fale nesse prefeito – que esse, lá vai outra rima infame – esse mesmo é que não tem jeito.

Resta a chuva que me lava até a alma. Resta o Val-de-Cães, tadinho, acabado, maltratado, me matando de vergonha- e indignação. Resta também o amor por essa terra, que a gente guarda no fundo da alma – e onde não tem serventia nenhuma. No mais, resta espernear. Pelo menos isso.

Um grande abraço, doutor. E perdoe a minha falta de jeito, os meus maus modos; é a idade, é a idade…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: