Babilônia e suas caraminholas

Imoralidades

Havia decidido nem tocar no assunto, tamanha a discussão nas redes sociais, mas a coisa chegou num ponto que é necessário refletir. Afinal, o que incomoda a tantos na novela “Babilônia”?

Vamos ao geral. “Um poço de maldades, praticamente ninguém “presta”. Quebrar pernas, matar sem remorso, traições sem fim…” OK. Agora responda: em que planeta você vive?

Trata-se de uma ficção, inspirada na… Realidade, claro! Querida, todo dia os jornais trazem coisa pior; talvez não tenha se dado conta, vou lembrar só algumas. Aqui mesmo, em Belém, um casal torturou e matou uma criança que servia de babá, Marielma de Jesus. Não foi um surto de violência, mas o desfecho de um ritual pervertido que envolvia sadismo e falta de compaixão. Vida real, aqui ao lado. Não dá para trocar de canal!

Matar o amante friamente? Savana Natália não teve problema de consciência quando atraiu o amante virtual, Joelson Ramos de Souza, para um motel, com a única intenção de matá-lo para roubar seus “bens”: dois mil reais (da indenização por ter pedido demissão para viver com a “mulher dos seus sonhos”) e alguns móveis surrados.

Se decidíssemos enumerar casos cruéis, seriam necessárias várias edições do jornal, mas esses dois constituem a violência bem próxima, que quase grita à nossa porta.

Traições. Será que precisamos lembrar casos famosos que já ouvimos falar? Do jovem que narrou a aventura da esposa em detalhes sórdidos no Facebook, sem respeitar os próprios filhos que viverão com esse estigma? Ou dos arranca-rabos que acontecem nas areias escaldantes de Salinas durante as animadas férias de julho? E todos saberão alguma que ainda não sei. Mas a novela incomoda por mostrar a vida como ela é,  jovens ganhando dinheiro com prostituição – que novidade! – consumindo drogas – que corriqueiro! – e, essa foi nova, estapeando a mãe que também não presta. Não tão nova, sussurra uma amiga, que jura conhecer história semelhante. Que coisa!

O prefeito ladrão. Ah, tá, isso é velho demais, mas a novela tem que ter personagens verossímeis, não é? Nada como um prefeito imoral, que nos faz lembrar o… Deixa prá lá, tenho pavor de advogados e processos em geral.

Então, o que é tão ruim, em Babilônia? O espelho?

Ah, o beijo entre duas senhoras. Quem se ofende está sendo duplamente preconceituoso. As pessoas preferem achar que idosos perdem a sexualidade e se transformam em santos. Meramente um passeio de mãos dadas é aceito, com aquelas caras bobas- “Que bonitinho!”. Bonitinho é a mãe, cara pálida. Aliás, por mais que você preferisse que ela só fizesse seu pratinho favorito, pode ser que, lá pelas tantas, ela faça sexo com o mesmo – ou quase – tesão de antigamente. Por mais que você abomine essa ideia (ou a estética do ato, em si) quando o idoso for você, garanto que mudará seus conceitos ridículos e ultrapassados.

Não seja boboca ao propor um boicote à novela. Ela, pelo menos é ficção. A grande e abominável imoralidade está nos noticiários, a fraude grassa por todos os setores e você fica aí, criticando novela para dar uma de (falso) moralista?

Acho uma graça! Depois de reclamar de um beijo entre dois seres humanos que se amam e se respeitam, você muda o canal para um daqueles enlatados americanos em que o assassino consegue matar a mocinha com alicate de cutículas, pedacinho por pedacinho. Ou acaba votando nos Malufs da vida.

Crie vergonha!

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Juliana Dias
    mar 27, 2015 @ 18:55:19

    Olá, Vera!
    Sou Juliana, aluna de jornalismo da Unama. Estou fazendo meu TCC sobre crônicas de cidades, com enfoque em Belém, e estudando algumas jornalistas que produziram esse tipo de narrativa. Sei que você escreveu para O Liberal e gostaria de saber se publicou alguma crônica sobre a cidade no período em que ficou lá.

    Agradeço.

    Responder

  2. anninhatorres
    mar 23, 2015 @ 13:43:33

    Tia, falou e disse!!! Muito bom o texto! To com a sra e não abro! Um monte de falso moralista com teto de vidro!Beijos

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: